Cartão de antigo combatente

cartão de antigo combatente

Quanto custa um cartão de crédito para antigos combatentes?

Antigos Combatentes com - 65 anos, devem efetuar o pedido de um novo cartão em qualquer bilheteira CP, entregando a requisição e respetivos documentos, custo do cartão 7,00 €. O carregamento mensal dos passes para os antigos combatentes é efetuado em qualquer bilheteira CP.

Como faço para solicitar o requerimento para o antigo combatente?

Como obter o Cartão do Antigo Combatente? Há duas formas de obter o Cartão do Antigo Combatente: pessoalmente, no Balcão Único da Defesa, na Av. Infante Santo, n.º 49, em Lisboa; ou através da página deste serviço na internet.

Quais são os requerimentos de adesão ao passe de antigo combatente?

Não devem ser entregues/enviados requerimentos de adesão ao IMT, I.P. O cartão que serve de suporte ao Passe de Antigo Combatente é o mesmo que serve de suporte aos títulos de transporte vendidos pelos operadores de transporte público.

Quais são os órgãos responsáveis pela implementação do passe de antigo combatente?

A implementação do Passe de Antigo Combatente é da competência de: Áreas Metropolitanas de Lisboa e do Porto (AM), nas respetivas áreas geográficas; Instituto da Mobilidade e dos Transportes, I. P. (IMT, I. P.), nas áreas geográficas não abrangidas pela no ponto anterior.

Quais são as vantagens do cartão do Antigo combatente?

Cerca de 200 mil antigos militares estão habilitados a receber o Cartão do Antigo Combatente, um documento que lhes permite obter benefícios no dia a dia, como a isenção do pagamento de taxas moderadoras no SNS. Conheça, neste artigo, outras das vantagens deste cartão.

Quais são os custos associados ao cartão de crédito?

Então qual o custo de um cartão de crédito? Regra geral, os custos associados a um cartão de crédito são: Apesar de alguns cartões terem anuidade gratuita, a anuidade é o custo de emissão do cartão que é pago anualmente.

Quem emite o cartão e quem tem direito?

Quem emite o cartão e quem tem direito? O cartão é emitido pela Direção-Geral de Recursos da Defesa Nacional (DGRDN) do Ministério da Defesa Nacional e é atribuído a todos os Antigos Combatentes referidos no artigo 2.º do EAC: Os ex-militares mobilizados, entre 1961 e 1975, para os territórios de Angola, Guiné-Bissau e Moçambique;

Quem tem direito ao cartão de defesa?

O cartão é emitido pela Direção-Geral de Recursos da Defesa Nacional (DGRDN) do Ministério da Defesa Nacional e é atribuído a todos os Antigos Combatentes referidos no artigo 2.º do EAC: Os ex-militares mobilizados, entre 1961 e 1975, para os territórios de Angola, Guiné-Bissau e Moçambique;

Quais são os requisitos para acesso ao passe de antigo combatente?

Para ter acesso ao Passe de Antigo Combatente, o potencial beneficiário deverá preencher e apresentar junto do operador de transporte o respetivo requerimento de adesão, acompanhado dos seguintes documentos: Apresentação de cartão de Antigo Combatente ou de cartão de viúva (o) de Antigo Combatente;

Quais são os beneficiários do passe de antigo combatente?

2 – São ainda beneficiários do Passe de Antigo Combatente as viúvas e viúvos de antigos combatentes portadores de cartão de viúva e viúva de antigo combatente que, cumulativamente, usufruam dos benefícios e requisitos previstos nos artigos 7.º e 8.º do Estatuto e da Portaria n.º 210/2020, de 3 de setembro.

Quais são os órgãos responsáveis pela implementação do passe de antigo combatente?

A implementação do Passe de Antigo Combatente é da competência de: Áreas Metropolitanas de Lisboa e do Porto (AM), nas respetivas áreas geográficas; Instituto da Mobilidade e dos Transportes, I. P. (IMT, I. P.), nas áreas geográficas não abrangidas pela no ponto anterior.

Como faço para solicitar o requerimento para o antigo combatente?

Como obter o Cartão do Antigo Combatente? Há duas formas de obter o Cartão do Antigo Combatente: pessoalmente, no Balcão Único da Defesa, na Av. Infante Santo, n.º 49, em Lisboa; ou através da página deste serviço na internet.

Postagens relacionadas: