Bronquite aguda

bronquite aguda

Qual é a diferença entre bronquite aguda e bronquite crónica?

Podemos afirmar que, de uma forma geral, a bronquite aguda não é uma situação clínica perigosa, no entanto, se se verificarem episódios repetidos de bronquite deve consultar o seu médico pneumologista. A bronquite crónica é uma doença mais grave e é provocada por uma irritação ou inflamação da mucosa brônquica de forma continuada.

Por que a bronquite aguda é contagiosa?

Podemos considerar que a bronquite aguda é contagiosa ou transmissível. Ou seja, a bronquite “pega-se” ou transmite-se de pessoa para pessoa, na medida que, geralmente é causada por vírus - os mesmos vírus que causam constipações e gripe (influenza).

Quais os sintomas de bronquite?

Falta de apetite. No caso da bronquite aguda, a pessoa pode também apresentar sintomas parecidos com o resfriado comum ou sinusite como dores de garganta, de cabeça ou no corpo e nariz escorrendo ou entupido, que geralmente melhoram em 1 semana.

Como tratar bronquite na gravidez?

O tratamento da bronquite na gravidez requer muita cautela. Em caso algum deverão ser utilizados medicamentos sem o conselho do seu médico. O doente jamais se deverá automedicar ou tentar encontrar resolução para o problema em qualquer tipo de tratamentos alternativos.

Quais são as causas da bronquite aguda?

A bronquite aguda é, geralmente, causada por vírus que atacam as vias aéreas, como o vírus da gripe (influenza), o vírus sincicial respiratório (VSR) e os vírus que causam resfriados. Em muitos casos, a bronquite aguda é o resultado de complicações dessas doenças. Em outros, menos frequentes, pode ser resultado de infecções bacterianas.

Quais os sintomas da bronquite crónica?

Os sintomas de envolvimento traqueal incluem dor sub-esternal associada com a respiração que se intensifica com a tosse. Na bronquite crónica, a tosse e a expectoração mucosa são sintomas ligeiros que acompanham o doente bronquítico durante muitos anos e este não valoriza.

Quais são os tipos de bronquite?

Quando há um quadro de bronquite, há inflamação dos brônquios que ficam mais contraídos e aumentam a produção de secreção. Esses cílios não conseguem expelir todo o catarro, provocando um acúmulo de secreção. Há dois tipos de bronquite — a aguda e a crônica — que se diferenciam pelo tempo de duração dos sintomas e pela gravidade da doença.

Por que a bronquite aguda é contagiosa?

Podemos considerar que a bronquite aguda é contagiosa ou transmissível. Ou seja, a bronquite “pega-se” ou transmite-se de pessoa para pessoa, na medida que, geralmente é causada por vírus - os mesmos vírus que causam constipações e gripe (influenza).

A bronquite crônica, embora possa ser uma extensão da bronquite aguda, quase sempre é provocada pela fumaça do cigarro. Não há agentes infecciosos como vírus e bactérias, portanto ela não é contagiosa. Como evitar o contágio e a transmissão de viroses que desencadeiam bronquite?

Postagens relacionadas: