Tabelas de irs

tabelas de irs

Quando sai a tabela de retenção na fonte de IRS?

As tabelas de retenção na fonte de IRS a vigorar em 2022 foram originalmente publicadas a 2 de dezembro de 2021, de modo a refletir a atualização do salário mínimo. Entretanto, a 24 de janeiro de 2022, as tabelas de retenção na fonte de IRS foram corrigidas.

Qual a importância da tabela de imposto de renda?

Aqui é importante atender à fonte dos seus rendimentos (se é trabalhador por conta de outrem ou pensionista), o seu estado civil, se tem dependentes e se possui alguma incapacidade. Os valores das taxas nas tabelas de IRS também variam consoante a sua região.

Qual é a taxa de imposto de renda?

A taxa de IRS vai depender do escalão onde se encontra o total do rendimento ou o total do rendimento médio / 2. Um trabalhador por conta de outrem, ou um pensionista, por exemplo, tem direito a uma dedução específica de 4.104 euros no IRS.

Quais são os intervalos de rendimento e as taxas aplicadas na tabela de retenção de IRS?

O ajuste dos intervalos de rendimento e as taxas aplicáveis foi feito em toda a tabela de retenção de IRS. Assim, enquanto inicialmente era prevista a aplicação de uma taxa de 28,6% para pensões entre 2.870 euros e 3.062 euros, após as alterações a taxa de retenção passa a abranger as pensões entre 2.884 euros e 3.076 euros.

Quais são as novas tabelas de retenção na fonte de IRS em 2022?

Há novas tabelas de retenção na fonte de IRS em 2022, para trabalhadores dependentes, a aplicar aos rendimentos mensais a partir de 1 de março. As tabelas agora publicadas não têm efeitos retroativos a janeiro. Consulte e descarregue as tabelas em PDF e Excel para saber o valor do seu salário líquido em 2022.

Quem está dispensado de fazer retenção na fonte de IRS?

Os trabalhadores independentes também são alvo de retenção na fonte de IRS. Conheça as taxas aplicáveis, saiba quem está dispensado de fazer retenção na fonte e qual o valor do mínimo de existência aplicável aos recibos verdes.

Quais são as tabelas de retenção na fonte de IRS aplicadas em Portugal Continental?

Em virtude de as taxas de IRS aplicadas em Portugal Continental serem diferentes das taxas aplicadas nos Açores e na Madeira, têm de ser publicadas tabelas de retenção na fonte específicas: Os rendimentos de trabalho dependente (Categoria A) e de pensões (Categoria H) estão sujeitos, em princípio, a retenção na fonte de IRS.

Qual é a diferença entre a taxa de retenção na fonte e o escalão do IRS?

No caso dos pensionistas, apenas se registou uma alteração ao escalão mais baixo. Apesar de serem confundidos com frequência, taxa de retenção na fonte e escalão do IRS não são a mesma coisa. No entanto, estão interligados.

O que é o imposto de renda?

O que é o Imposto de Renda? O Imposto de Renda é um dos principais tributos do calendário fiscal brasileiro. Ele é cobrado, de forma progressiva, de acordo com os rendimentos anuais de cada cidadão, ou seja, quem ganha mais paga uma taxa maior.

Qual é a taxa de IRS aplicável às rendas?

Explicamos-lhe tudo. Em 2018, todas as rendas eram taxadas a 28%, independentemente da duração do contrato. A partir de 1 de janeiro de 2019, a taxa de IRS aplicável às rendas é diferente consoante a duração do respetivo contrato de arrendamento (nova redação do artigo 72.º do CIRS, introduzida pela Lei n.º 3/2019, de 9 de janeiro).

O que é a tabela do imposto de renda?

Tabela do IR – Rendimento mensal Essa é a tabela do IR que serve como consulta para o contribuinte. Assim, por meio desses dados, você pode analisar se está sendo taxado corretamente em casos que o imposto é cobrado direto na fonte. Tabela do IR – Rendimento anual

Qual a alíquota do imposto de renda?

A alíquota, porcentagem descontada do salário, varia de acordo com a faixa de renda. Exemplo: uma pessoa que ganha R$ 2 mil paga 7,5% de imposto; já quem recebe R$ 5 mil, 27,5%.

Postagens relacionadas: