Colar cervical

colar cervical

Por que usar um colar cervical?

A causa mais comum decorre de acidentes de carro. Ela é chamada de efeito chicote, porque o pescoço é projeto primeiro para frente e depois para trás, como se fosse o movimento de um chicote. Em todas essas situações, geralmente é recomendado o uso de um colar cervical.

Qual a diferença entre colar cervical de resgate e resgate?

Eles podem ser originários de doenças como artrite, traumatismos, pós-cirurgias na região cervical e até mesmo torcicolo. Enquanto que o colar cervical de resgate é indicado para situações e que ocorreram problemas graves, tais como acidentes com risco de lesão na coluna.

O que fazer quando o colar não é adequado?

É importante ter em mente que usar um colar que não seja adequado à sua estrutura corporal, seu problema pode piorar, levando ao aumento das dores, bem como retardando a cura dos problemas existentes. Sendo assim, é preciso procurar um ortopedista para que ele faça a avaliação e prescreva o tamanho e o tempo de uso.

Quais são as causas da dor cervical?

Os médicos costumam indicar o uso do colar cervical após cirurgias de artrodese cervical, hérnia de disco cervical e compressão medular ou radicular por artrose.

O que fazer quando o colar não é adequado?

É importante ter em mente que usar um colar que não seja adequado à sua estrutura corporal, seu problema pode piorar, levando ao aumento das dores, bem como retardando a cura dos problemas existentes. Sendo assim, é preciso procurar um ortopedista para que ele faça a avaliação e prescreva o tamanho e o tempo de uso.

Postagens relacionadas: