Sumol laranja do algarve

sumol laranja do algarve

Como é a laranja do Algarve?

No Algarve encontrámos o perfeito equilíbrio entre as horas de sol e a qualidade da terra para as laranjas mais doces e sumarentas. Um aroma inconfundível da Laranja do Algarve. Feito apenas com fruta espremida. Sumo e polpa de laranja, água, açúcar e ácido ascórbico (vitamina C).

Quais são os sabores da Sumol?

Aos três sabores clássicos da marca, a saber, laranja, ananás e maracujá, a Sumol introduziu agora um sabor distintivamente português, após um trabalho de desenvolvimento de novo design com a agência BrandMe.

Como é a comercialização de laranja em Portugal?

Em Portugal, a comercialização de laranja ocorre durante todo o ano, devido à utilização de variedades de meia estação e as chamadas variedades tardias. As “Dalmau” e as “Newhall” são colhidas entre novembro e março, as “Baía” e as “ Jaffa” de fevereiro a abril e as “ Valencia late “ e “Lane late” entre março a agosto (estas, só mesmo no Algarve).

Qual o teor de laranja?

Sumo e polpa de laranja, água, açúcar e ácido ascórbico (vitamina C). Uma vez aberto conservar no frigorífico. Teor de fruta: no mínimo 50%.

Por que plantar laranjas no Algarve?

Pensar em laranjas e associa-las ao Algarve é uma imagem que nos surge com a maior naturalidade. Por excelência, as solarengas terras do sul são as mais nobres para o cultivo. Devido às características do solo, à quase ausência de geadas e à longa exposição solar.

Como é que se distingue a laranja do Algarve das espanholas da Andaluzia?

Como é que se distingue a laranja do Algarve das espanholas da Andaluzia? À primeira vista, lavadas e engraxadas, todas parecem iguais, saídas da mesma “fábrica”. A diferença está na diversidade de sabores e tamanhos.

Onde são plantadas as laranjas?

Apesar de as laranjas também serem plantadas no Ribatejo e na zona da Vidigueira, no Alentejo, 83% da produção nacional concentra-se na região algarvia, onde ao fruto é caracterizado por uma cor intensa, forte doçura e por ser muito sumarento.

Qual o teor de laranja?

Sumo e polpa de laranja, água, açúcar e ácido ascórbico (vitamina C). Uma vez aberto conservar no frigorífico. Teor de fruta: no mínimo 50%.

Como é feita a comercialização da laranja?

Normalmente a comercialização da laranja é efetuada logo após a colheita, pois as estruturas de frio são escassas e caras. Apenas se utilizam métodos de conservação nos casos de excesso de oferta e nunca para maturação, uma vez que a laranja não amadurece após a colheita.

Qual a importância da produção de laranja?

A produção de laranja destina-se essencialmente ao consumo nacional (60%), sendo que a exportação representa os restantes 40% da produção.

Qual a diferença entre a laranja de Portugal e a de outras origens?

Essa aceitação advém da diferença que existe entre a laranja de Portugal e a de outras origens», salienta. Horácio Ferreira explica que «o que distingue a laranja nacional da concorrência mais poderosa – que é a Espanha, é o maior produtor mundial de citrinos para mesa – é o equilíbrio que existe entre o equilíbrio e a acidez.

Por que a laranja portuguesa entra no mercado internacional?

«A entrada do setor no mercado internacional deve-se, de facto, à grande procura e aceitação que a laranja portuguesa tem no mercado externo. Essa aceitação advém da diferença que existe entre a laranja de Portugal e a de outras origens», salienta.

Postagens relacionadas: