Bloco de esquerda coimbra

bloco de esquerda coimbra

Qual foi a primeira eleição do bloco de esquerda?

As primeiras eleições em que o Bloco de Esquerda participou foi nas Europeias de 1999, tendo como cabeça de lista Miguel Portas. Obteve 61 920 votos (1,79 % dos votos), não conseguindo eleger nenhum deputado.

Quem é a líder do bloco de esquerda?

Catarina Martins é a atual líder do Bloco de Esquerda. A corrente Fórum Manifesto apontou como causa da sua desvinculação o resultado da liderança do partido, tendo anunciado as derrotas que o BE teve nos últimos anos e que o conduziram à magra expressão eleitoral obtida nas últimas eleições europeias, não são um reflexo de fatores externos.

Quem é o segundo eurodeputado do bloco de esquerda?

Nas eleições europeias de 2019, o Bloco de Esquerda solidificou-se como terceiro maior partido do país ao conseguir eleger José Gusmão como segundo eurodeputado, juntamente com a primeira candidata Marisa Matias .

Qual foi o primeiro partido de Nova Esquerda?

O Bloco de Esquerda foi o primeiro partido de Nova Esquerda com destaque em Portugal. As primeiras eleições em que o Bloco de Esquerda participou foi nas Europeias de 1999, tendo como cabeça de lista Miguel Portas.

Quais são os deputados eleitos pelo bloco de esquerda?

Os oito deputados eleitos pelo Bloco de Esquerda são Ana Drago (Lisboa), Catarina Martins (Porto), Cecília Honório (Faro), Francisco Louçã (Lisboa), João Semedo (Porto), Luís Fazenda (Lisboa), Mariana Aiveca (Setúbal) e Pedro Filipe Soares (Aveiro).

Qual a importância do bloco de esquerda na política de Portugal?

Penso que o bloco de esquerda veio ocupar um espaco muito importante na politica de portugal: o da esquerda construtiva e nao dogmatica. Acho que muita gente votou que votou no passado no bloco, procurava uma alternativa de esquerda (que o PS claramente nao oferece) aberta, construtiva e positiva (o que PCP claramente nao e).

Quem é o segundo eurodeputado do bloco de esquerda?

Nas eleições europeias de 2019, o Bloco de Esquerda solidificou-se como terceiro maior partido do país ao conseguir eleger José Gusmão como segundo eurodeputado, juntamente com a primeira candidata Marisa Matias .

Quem é a líder do bloco de esquerda?

Catarina Martins é a atual líder do Bloco de Esquerda. A corrente Fórum Manifesto apontou como causa da sua desvinculação o resultado da liderança do partido, tendo anunciado as derrotas que o BE teve nos últimos anos e que o conduziram à magra expressão eleitoral obtida nas últimas eleições europeias, não são um reflexo de fatores externos.

Como nasceu o Bloco de Esquerda? O Bloco de Esquerda foi fundado em 1999 pela junção de três partidos políticos da esquerda radical – a União Democrática Popular, o Partido Socialista Revolucionário e a Política XXI, aos quais depois também se juntaram outros pequenos movimentos políticos e de cidadãos.

Quais foram as principais características do bloco de esquerda?

Como nasceu o bloco de esquerda?

Como nasceu o Bloco de Esquerda? O Bloco de Esquerda foi fundado em 1999 pela junção de três partidos políticos da esquerda radical – a União Democrática Popular, o Partido Socialista Revolucionário e a Política XXI, aos quais depois também se juntaram outros pequenos movimentos políticos e de cidadãos.

Quem são os deputados do bloco de esquerda?

Em 2019, o Bloco de Esquerda elege dois deputados pelos círculos de Aveiro, Braga e Setúbal, alcança cinco mandatos pelo círculo de Lisboa e quatro pelo do Porto e obtém ainda um mandato por cada um dos distritos de Coimbra, Faro, Leiria e Santarém. José Manuel Pureza, professor universitário e investigador na Universidade de Coimbra

Quais foram as principais características do bloco de esquerda?

Foi fundada como partido político comunista, de tendência maoista, em 1974 e chegou ao Bloco de Esquerda como a ala marxista mais ortodoxa do partido. A sua corrente de pensamento ideológico era o aprofundamento teórico do marxismo e a formação de revolucionários.

Qual foi a primeira eleição do bloco de esquerda?

As primeiras eleições em que o Bloco de Esquerda participou foi nas Europeias de 1999, tendo como cabeça de lista Miguel Portas. Obteve 61 920 votos (1,79 % dos votos), não conseguindo eleger nenhum deputado.

Postagens relacionadas: